Cinoterapia

Em 2015, surge o projeto-piloto de Cinoterapia, implementado em parceria com o Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro-Coimbra e que tem como objetivo geral a implementação e generalização da terapia assistida pelo cão, em contexto escolar, para crianças com Necessidades Educativas Especiais.

Este projeto visa aliar a intervenção assistida por cães a crianças com necessidades educativas especiais (NEE) em contexto escolar. O Plano de Intervenção Individual é efetuado em conjunto com os professores de ensino especial e professores titulares de turma, tendo em conta as caraterísticas individuais das crianças.

O projeto tem três fases:  a fase de estudo, a fase de implementação e a fase da generalização.

Numa primeira fase realizou-se um estudo de caso com quatro crianças com NEE. Neste estudo verificou-se o aumento dos comportamentos de comunicação e de socialização dessas crianças.

Ao longo do ano letivo 2016/2017, desenvolveu-se a segunda fase com a de implementação de um estudo exploratório, com quatro crianças inseridas numa Unidade de Ensino Estruturado para Autistas.

Este estudo exploratório, coordenado e monitorizado pelo CASPAE contou com a  parceria da dupla Ana Barbosa Ribeiro (técnica de terapia assistida por animais) e a Mel (cadela de terapia).

Numa última fase, a da generalização, o objetivo é alargar este projeto a outras escolas do Concelho de Coimbra, prevendo-se intervenções nas Unidades de Ensino Estruturado para a Educação de Alunos com Perturbação do Espectro do Autismo (UEEEAPEA) existentes em Agrupamentos de Escolas. Para o efeito, foi realizado a 9 de março de 2018 protocolo com o Comando Territorial de Coimbra .

Leia a notícia do Diário de Coimbra em edição digital clicando aqui !

Responsável: Cátia Rodrigues – catia.rodrigues@caspae.pt